• Andrey Daher Coelho

[Review] Story of Seasons : Pioneers of Olive Town é o melhor Harvest Moon do Nintendo Switch


Bem-vindo a Olive Town, uma comunidade pacífica estabelecida por seu avô pioneiro e seus amigos. Agora que você assumiu o controle da fazenda, é seu trabalho continuar o legado dele.


Plante safras, crie animais, construa relacionamentos e conheça os residentes de sua nova casa nesta novíssima entrada na série STORY OF SEASONS!


▪ Cultive sua fazenda, cultive sua cidade

Domine a natureza selvagem e construa sua fazenda do zero! Reúna e processe materiais para atender a solicitações e melhorar a infraestrutura de Olive Town, atualizar ferramentas ou encomendar novas roupas e acessórios.



▪Uma fazenda de possibilidades infinitas

Limpe o terreno, repare as instalações antigas e coloque novas onde achar necessário. Aprimore suas habilidades agrícolas e crie uma variedade de decorações e instalações, de cercas e alimentadores automáticos para gado a irrigadores para plantações!


▪Novas aventuras fora do caminho batido

Encontrar Earth Sprites enquanto explora suas terras, pode levá-lo a terras misteriosas e fantásticas, como jardins onde as estações nunca mudam, uma ilha no céu ou até mesmo o interior de um vulcão!


▪Há Sempre Alguma Coisa Acontecendo em Olive Town!

Participe de festivais locais e veja a cidade ganhar vida! Conheça melhor seus vizinhos com mais de 200 eventos únicos, e você pode até encontrar o amor com uma pessoa especial!



Story of Season: Pioneers of Olive Town trás todo aquele repertório que transformou a série na melhor opção de jogos de colheita nos últimos anos. No Nintendo Switch nós tivemos belíssimos títulos como o próprio Story of Seasons: Doraemon, que também é uma obra-prima. Em Pioneers of Olive town, o jogo está mais próximo de suas raízes, como nos antigos jogos de Harvest Moon, o que é algo maravilhoso!


Se eu fosse analisar um ponto "negativo" do jogo, seria o mapa que não é tão grande, pois foram cortadas as rotas que ligava a cidade a sua fazenda, agora é muito mais rápido chegar da fazenda para a cidade. Isso pode agradar alguns mas também pode decepcionar outros fãs.



Visualmente o jogo é lindo e tem sua arte característica que dá toda uma identidade única para a série. Lugares com uma boa variação de cores, personagens bem desenhados e claro, agora temos a opção até mesmo de mudar as cores de alguns objetos.


O game também conta com a nova opção de usar uma moto agora, que ao longo da sua jornada você recupera, além é claro do cavalo que é algo já padrão da série.


Outro destaque também vai pra a trilha sonora do jogo. As músicas são lindas e gostosas de ouvir, e em grande parte são responsáveis pela imersão no jogo. De alguma forma as músicas ativam o gatilho da nostalgia no meu cérebro, que imediatamente me leva de volta ao final dos anos 90, quando eu jogava Harvest Moont Back to Nature no meu velho PS1. As músicas são algo que nos levam no tempo, e aqui não é diferente. O game infelizmente não conta com o suporte ao português brasileiro.



O game também conta agora com um museu, parecido com o que vemos em Animal Crossing, onde podemos doar animais como os peixes que pescamos. É um incentivo a mais para os complecionistas, e claro, o game conta com as tão queridas conquistas. Sim, isso mesmo, o jogo possúi um sistema de conquistas próprias que o jogador pode tirar aquele print e publicar nas redes sociais para desafiar seus amigos.


Existe também uma interação online agora, onde o player pode visitar a fazenda de outros amigos. Existe um modo “fácil” de Pioneers of Olive Town que é extremamente bem-vindo e você não precisa ter vergonha nenhuma de escolhê-la. O que o jogo faz é simplesmente ajustar a quantidade de fôlego gasto no uso de ferramentas para um valor inferior, aumentar o dinheiro adquirido ao vender itens e acelerar o relacionamento entre o protagonista e o NPC em suas interações. Mas se você for um jogador da velha guarda como eu sou e não quiser que as coisas aconteçam de forma mais rápida, você não precisa acionar esse modo, fica a seu critério.


O jogo conta também com máquinas chamadas Makers, elas vão te ajudar muito a ganhar dinheiro, mas prepare-se para lotar sua fazenda com muitas máquinas! É quase uma plantação de "makers" ! Eu achei válido por se tratar de algo novo e diferente, então essas inovações que não alteram o charme do jogo são sempre bem vindas.



É possível reformar sua casa e sua fazenda em geral, colocar cercas e mudar o design, algo parecido com o que temos em Animal Crossing, assim como é possível se casar independentemente do gênero, inclusive você é livre para escolher o jeito como seu personagem é chamado no game, independentemente do gênero. é possível também ter filho no jogo e vê-lo crescendo. Fazer upgrade nas ferramentas também está presente, além é claro de uma nova gama de opções para novas compras.



Veredito

Story of Seasons: Pioneers of Olive Town foi uma surpresa muito agradável pois supriu minhas expectativas. É um jogo com todo charme em sua arte e trilha sonora, possui também uma identidade própria já conhecida da série, além é claro de nos tornar parte desse mundo em que entramos. Plantar, colher, colocar sprinklers nas plantações, a adição dos Makers, tudo é muito gratificante no jogo. As vezes é possível perceber uma queda brusca nos frames do jogo quando a plantação está lotada, mas não é nada que vá atrapalhar sua experiência, e acredito que isso pode ser corrigido com patchs. Minha maior reclamação seria no tamanho da cidade, que eu adoraria que fosse maior, ou pelo menos a região em si. Fora isso, é um jogo maravilhoso e que todo fã de longa data de Harvest Moont e Sotry of Seasons vai amar sem sombra de dúvidas. Story of Seasons: Pioneers of Olive Town é um dos melhores jogos de simulação de fazenda dessa geração e merece a atenção dos donos de Nintendo Switch. Ter essa experiência que mistura nostalgia e modernidade em qualquer lugar e a qualquer hora, é realmente gratificante.

Nota: 8,5/10