• Andrey Daher Coelho

[Especial] The Legend of Zelda: Link's Awakening - 26 anos


The Legend of Zelda: Link's Awakening ou Despertar de Link é o quarto jogo principal da série The Legend of Zelda  e o único título de Zelda no Game Boy original . Uma atualização em cores cores, intitulada Link's Awakening DX , foi lançada para o Game Boy Color e foi um dos três títulos de Zelda para o console . Desde o seu lançamento, o Link's Awakening tem sido popular entre fãs e críticos. Em 2004, o lançamento original havia vendido 3,83 milhões de cópias em todo o mundo, enquanto Link's Awakening DX vendeu 2,22 milhões. Em 2009, o Guinness World Records o nomeou o 42º videogame mais influente de todos os tempos, não é qualquer coisa.

Como todos sabemos. durante um Nintendo Direct em 13 de fevereiro de 2019, um remake homônimo do jogo foi anunciado para o Nintendo Switch . O remake será lançado agora no dia 20 de setembro de 2019, então eu resolvi fazer esse especial sobre esse jogo incrível e atemporal de The Legend of Zelda.

  • História

Link , que derrotou o maligno Ganon e recuperou a paz em Hyrule , não desfrutou da tranquilidade que ele havia trabalhado tanto para alcançar por muito tempo e acabou ficando inquieto. Sentindo necessidade de treinamento ou iluminação, ele embarcou em uma jornada e navegou pelos oceanos em um pequeno veleiro. Eventualmente, Link concluiu seu treinamento em países estrangeiros e começou a navegar de volta para sua casa, Hyrule . Mas de repente os mares ficaram agitados e o céu ficou escuro. Link tentou bravamente combater as fortes correntes das ondas, amarrando-se ao navio com alguma corda. Mas um raio atingiu o navio e tudo ficou escuro.

Mais tarde, em uma longínqua ilha , uma jovem chamada Marin está andando ao longo da praia costeira da ilha. De repente, ela vê alguém deitado nas areias. Ao olhar mais de perto, ela encontra Link inconsciente e tenta acordá-lo, mas sem sucesso. Não querendo simplesmente deixá-lo deitado na praia, Marin leva Link de volta para sua casa em Mabe Village . Do além da escuridão, Link ouve a voz de uma garota. Ele primeiro confunde a voz com a da princesa Zelda , mas acorda e descobre que era a voz de Marin . Acontece que, milagrosamente, Link havia sido levado em terra na Ilha Koholint .  Link começa seus preparativos para deixar Koholint Island , e Tarin devolve seu escudo . Ele também conta que outra coisa  apareceu na praia.

No entanto , a Espada de Link não está em lugar algum. Procurando na praia da Ilha Koholint , Link finalmente a encontra. Pouco antes de pegá-la, uma misteriosa coruja voa até ele. A Coruja explica que no alto das montanhas da Ilha Koholint existe um ovo gigante , e por dentro dorme um ser conhecido como Peixe do Vento (Wind Fish) . A Coruja diz que o Peixe do Vento deve ser despertado, pois é a única maneira que Link pode deixar a Ilha Koholint. Ele diz a Link que ele precisa entrar no Bosque Misterioso para encontrar uma Chave e depois voa para longe. Deixado com nada além de um enigma intrigante e suas perguntas, Link dá ouvidos às palavras da Coruja e segue para a Floresta Misteriosa. Ele finalmente encontra a chave da cauda . A Coruja reaparece e diz para ele entrar na Caverna da Cauda e usar a Chave da Cauda para entrar.

Link faz isso e abre caminho nesta masmorra inicial . Depois de derrotar o Boss , Link encontra um Instrumento mágico, o Violão celo da Lua Cheia . Embora Link não saiba o que é a princípio, a Coruja reaparece e explica que este instrumento é um dos Instrumentos das Sereias . A Coruja explica que Link deve recuperar os sete Instrumentos das Sereias restantes, se quiser despertar o Peixe-Vento adormecido . Agora, Link, ainda cheio de perguntas sobre esse mundo estranho, deve explorar o resto da ilha de Koholint e encontrar o restante dos instrumentos das sereias. O restante dessa jornada, vocês poderão presenciar no Nintendo Switch ou rejogando o clássico no Game Boy.

A Lenda do Peixe-Vento (WInd Fish)

Parece que o Wind Fish é um mito para os habitantes da Ilha Koholint . O Ovo do Peixe-Vento no topo do Monte Tamaranch é bastante grande e pode ser visto à distância, tornando óbvio que alguns dos habitantes da Ilha Koholint conheciam pelo menos algo do Peixe-Vento. Marin é um exemplo muito bom de uma simples cidadã da vila de Mabe , mas sabe da existência do peixe-vento. Ela até sonha em desejar que o Wind Fish se transforme em uma gaivota. Não é óbvio se ela também acredita que é apenas um mito ou se é real, no entanto, Marin pode ser vista na Cordilheira Tal Tal sem motivo aparente. A coruja parece acreditar que ela pode ter tentado acordar o peixe-vento com sua música. Somente a coruja e possivelmente Marin parecem saber da existência real do peixe-vento . Logo após Link limpar o Santuário da Face, um garoto da Vila Mabe foi perguntado por Link quando que eles apareceram na Ilha Koholint, mas eles não tinham idéia do que Link estava querendo dizer com essa pergunta, Sugerindo que os habitantes da Ilha Koholint não têm idéia de que fazem parte de um mundo de sonhos.

O Santuário da Face do Sul é o único lugar que contém muita informação sobre o mito do Peixe do Vento , e o script em suas paredes, sobre a Ilha Koholint ser apenas um sonho, é muito verdadeiro. A julgar por esses escritos, o Santuário da Face do Sul parece ter sido construído exclusivamente para a pessoa que acordaria o Peixe-Vento.

Legado

Embora não seja tão influente na estrutura geral dos jogos Zelda quanto The Legend of Zelda ou A Link to the Past ,  Link's Awakening introduziu uma série de elementos que se repetem nos jogos posteriores de Zelda , incluindo:

  • O uso de um local diferente de Hyrule como uma configuração.

  • Uma lista de músicas reproduzíveis no instrumento do jogo que deve ser aprendida e ter diferentes funções, embora, diferentemente de Ocarina of Time e de alguns jogos posteriores, as músicas sejam simplesmente  reproduzidas quando selecionadas, em vez de serem tocadas nota a nota.

  • A primeira ocorrência de pesca .

  • Música de fundo exclusiva para cada masmorra, em vez de reutilizar o mesmo tema ou poucos temas, como seus antecessores. A maioria dos jogos após o Link's Awakening segue sua liderança nesse sentido.

  • A primeira sequência de negociação da série.

  • O primeiro exemplo claro de uma masmorra de lava ou temática de fogo da série, com Turtle Rock .

  • The Roc's Feather. .

  • Uma coruja que encontra periodicamente Link e dá conselhos sobre onde ir ou o que fazer a seguir.

  • Um conjunto de itens colecionáveis ​​bem ocultos que não têm utilidade por si mesmos, mas podem ser resgatados em um determinado local para receber itens úteis. ( Conchas do mar secretas em Link's Awakening , Gold Skulltulas e Poe Souls como exemplos de jogos sucessores.)​

Zelda Link's Awakening é sem sombra de dúvidas um dos melhores jogos de todos os tempos, e fico feliz de ter a oportunidade de falar um pouco sobre ele agora que o game completou 26 anos, estaremos recebendo um remake incrível dele para o Nintendo Switch. Espero que vocês tenham gostado desse especial que falou um pouco sobre algumas curiosidades do game e de sua história. Vale ressaltar também que o próprio Shigeru Miyamoto declarou que o game que ele mais se divertiu e mais tem boas lembranças durante a produção, foi justamente Link's Awakening. Espero que tenham gostado pessoal. Mas e vocês, pretendem pegar o jogo no Nintendo Switch? Não esqueçam de comentar.

#Especial #Zelda #ZeldaLinksAwakening #Nintendo #NintendoSwitch

  • Página do Facebook
  • Twitter - The Games
  • Canal The Games - Nintendo
  • Instagram

    Gostou da leitura? Doe agora e me ajude a proporcionar notícias e análises aos meus leitores  

© Criado por Andrey Daher Coelho.