• Andrey Daher Coelho

[Review/Análise] Slipstream - Um jogo de corrida que te fará voltar no tempo no Nintendo Switch


Slipstream é um jogo de corrida inspirado nos visuais, músicas, jogos e carros do final dos anos 80 e início dos anos 90. Ele é feito em um motor de jogo personalizado, com uma sensação retrô autêntica e gráficos exclusivos que permitem ao jogador - literalmente - voltar no tempo. A trilha sonora, inspirada em synth pop e influências de jazz fusion, dá o tom para correr por uma variedade de locais exóticos do mundo todo, incluindo cidades, desertos, florestas, montanhas e praias. As mecânicas de derrapagem, rebobinar e slipstream adicionam profundidade à jogabilidade, e o resultado é uma experiência desafiadora e emocionante.



É inegável a semelhança e a inspiração de Outrun e da série Crusi'n aqui em Slipstream, então talvez esse seja um dos principais motivos que faz com que muitos jogadores que cresceram jogando esses excelentes arcades de corrida da década de 90, se apaixonem fácil por esse jogo.


Já de cara o jogo te presenteia com um modo que é basicamente outrun em sua fórmula, ao final de cada sessão de uma região, você pode escolher qual será o próximo destino que irá cruzar em tempo real, e isso é incrível! É impressionante como que uma fórmula criada pela SEGA muitos anos atrás nos arcades, ainda continua sendo atual em 2022.



Slipstream vê os pilotos correndo por uma variedade de ambientes em ação de corrida slick, com o motor de dimensionamento de sprite autenticamente criado do jogo trazendo uma sensação nostálgica à medida que você amplia através de pistas 3D construídas em torno de sprites 2D (que todos parecem muito grandes e são cheios de cor, devo acrescentar). Como mencionado, a jogabilidade em si se sente como OutRun, com jogadores correndo por cursos compostos de estradas retas abundantes e curvas; você também poderá escolher qual ambiente você corre em seguida ao chegar ao final de uma etapa no modo Grand Tour do jogo, com cinco etapas precisando ser concluída para ter uma corrida de sucesso. Com muitas rotas em oferta, é o modo que eu me encontrei voltando ao máximo quando eu queria uma corrida rápida, mas satisfatória contra o relógio.


Outra coisa legal de se notar é que que o jogo tem uma mecânica de "drift" muito útil quando os jogadores aprendem a domina-la, e cada carro tem sus status próprios, podendo receber upgrades de acordo com o dinheiro que você vai recebendo ao ir avançando em um determinado modo de jogo. As cores dos carros também podem ser alteradas em cada veículo, e a interface de escolha dos carros juntamente com a trilha sonora que toca no momento, nos faz querer morar para sempre ali.



Slipstream também busca inovar a fórmula de Outrun, acrescentando novas mecânicas que são muito bem vindas, como dito acima sobre o drift. O jogo também possui uma mecânica chama slipstream, quando pegamos um vácuo atrás de um dos carros e então nossa velocidade aumenta loucamente. São mecânicas que deixam o jogo muito mais dinâmico e mais difíceis de se domar os carros em algumas situações.


Outro ponto forte do jogo é seu som, nossa cara, é muito legal ouvir as músicas com um toque de sintetizador nelas! Algo meio "retrowave" misturado com tvs de tubo dos anos 80/90, e não para por ai, além disso, o jogo conta com filtros de imagem que simulam as diversas Tvs de tubo e felizmente o game está totalmente em português brasileiro, afinal, estamos falando de um talentoso estúdio brasileiro!



Enquanto o modo Grand Tour se sente como o modo principal do jogo, há muitas outras opções que ajudam a elaborar a experiência. O Grand Prix oferece uma série de Copas baseadas em corridas individuais, Cannonball dá aos jogadores uma visão mais personalizável no Grand Tour, Battle Royale é uma corrida de resistência onde os pilotos que ficam para trás são eliminados do evento, Time Trial vê jogadores correndo contra o relógio, enquanto a Corrida Única permite que os jogadores participem de um confronto rápido e simples. Há cinco carros diferentes para correr com isso cada um se sente diferente para dirigir, enquanto as vinte pistas diferentes oferecem muitos pontos turísticos variados para se ver ao passar em alta velocidade por outros pilotos. Há multiplayer de tela dividida para até quatro jogadores também – não há jogo online, o que é uma pena.



Veredito

Slipstream é um jogo de corrida que vai trazer muita diversão e nostalgia para os jogadores d Nintendo Switch, principalmente aqueles que jogaram muitos jogos e corrida arcade na sua infância, como outrun, top gear, cruis'n etc. Seu visual é charmoso e nostálgico, algo que o deixa como um visual "vintage". Sua mecânica é arrojada e acrescenta muito ao estilo do jogo, o que torna o aprendizado até um tanto desafiador aos jogadores. É um jogo que por tudo o que representa e por seu baixo custo, fica difícil de não recomendar para os amantes de corrida arcade do passado, que com toda certeza, vão voltar no tempo jogando, seja de forma literal usando a mecânica de rebobinar, ou apenas de forma metafórica por sua nostalgia.

Nota: 8/10