• Andrey Daher Coelho

Konami pretende lançar Pro Evolution Soccer(PES) e International Super Star Soccer no Switch


Recentemente, a companhia revelou que abriu mão de desenvolver um título em larga escala neste ano para se focar totalmente na próxima versão, que contará com a Unreal Engine como novo motor gráfico para a franquia a partir de 2021.


Em entrevista ao site RPP, o Gerente da Marca Pro Evolution Soccer para a América Latina, Robbye Ron, comentou que estamos “próximos” de ver o jogo finalmente estrear no Nintendo Switch graças à mudança adotada pela companhia ao migrar o jogo para a Unreal Engine.


Confira o comentário de Robbye na íntegra:


Eu acho que estamos mais perto disso. A Unreal Engine nos ajudará muito a ser um pouco mais flexíveis nas plataformas em que aparecemos. Ainda não posso garantir, mas acho que estamos chegando perto [do lançamento para o Switch]. Sempre que anunciamos um novo jogo, as pessoas nos informam que ainda estão esperando a versão do Switch. É algo que queremos, porque as pessoas nos perguntam e há muitos consumidores que pararam de jogar PES apenas porque não estamos nessa plataforma. Estamos focados em ver como podemos fazê-lo, e acho que a mudança de motor nos ajudará muito a realizar o sonho de vários fãs da Nintendo.

Além disso, Robbye ainda revelou desejo de reviver outros jogos consagrados da franquia Winning Eleven (International Superstar Soccer no ocidente):

Eu investiguei internamente a possibilidade, porque sou um grande fã da saga International Superstar Soccer, e para mim seria ótimo tê-la de volta novamente, e se for no Switch, melhor, porque cresci jogando Nintendo. Mas quando perguntamos internamente à equipe de produção se era possível ou não, encontrei algo que me surpreendeu: a equipe que fez o International Superstar Soccer, é uma equipe totalmente diferente [daquela que faz] o PES. A verdade que me surpreendeu e eles disseram que é difícil, porque é algo que pertence a outra pessoa. Eu encontrei isso. Não estou dizendo que isso nunca pode acontecer, mas é preciso olhar quem estava trabalhando naquele momento no jogo e ver como podemos ressuscitá-lo. Isso me surpreendeu. É uma anedota, mas espero que possamos tê-la. Para nós, pessoas mais velhas, gostaríamos de ter algo mais retrô.

Fonte.

  • Página do Facebook
  • Twitter - The Games
  • Canal The Games - Nintendo
  • Instagram

    Gostou da leitura? Doe agora e me ajude a proporcionar notícias e análises aos meus leitores  

© Criado por Andrey Daher Coelho.